Tesauro de Ética, Política e Epistemologia para Estudos de Informação

Cesarismo

Cesarismo

ABBAGANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. 5.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

 

BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco (org.). Dicionário de política. Brasília, Df: Universidade de Brasília, 1998.

"Spengler deu esse nome à 'espécie de governo que, apesar de todas as formas de direito público, ainda está totalmente desprovido de forma na sua natureza interna. Isso se verifica no fim de certos períodos, quando as instituições políticas fundamentais estão mortas, ainda que minuciosamente conservadas nas suas aparências: nesses períodos, nada tem significado, exceto o poder pessoal exercido pelo César. É o retorno de um mundo, que atingiu a sua forma, ao primitivo, ao que é cosmicamente a-histórico (Der Untergang des Abendlandes, II, 4, 2, § 14)" (ABBAGNANO, 2007, p. 132).

"A ideia de um poder forte, que soubesse desvincular-se dos interesses dos grupos e dos indivíduos e aliar-se estreitamente ao exército com o fim de articular uma política equilibrada que coresspondesse mais aos interesses globais da comunidade, se apresenta repetidas vezes na literatura medieval e moderna"

"Com um sentido moderno, o termo tem sido usado para designar os regimes instaurados na França pelos dois Bonapartes, embora as condições históricas diferissem profundamente das condições típicas do antigo Cesarismo. Segundo Marx, trata-se de uma 'analogia histórica superficial', visto não se levar devidamente em conta que, na antiga Roma, a luta de classes se desenrolava no âmbito de uma minoria privilegiada (os cidadãos livres), enquanto, com o desenvolver-se da moderna sociedade industrial, o campo da luta de classes se alargou, vindo a compreender praticametne toda a sociedade."

Gramsci chama de "cesarista 'uma situação em que as forças em luta se equilibram de maneira catastrófica, isto é, se equilibram de tal forma que a continuação da luta não pode findar senão com a destruição recíproca' (Gramsci, 1966, p. 58). Então, o Cesarismo designa a 'solução arbitraria, confiada a um grande personagem de uma situação histórico-política caracterizada por um equilíbrio de forças de perspectivas catastróficas', que, de quando em quando, segundo condições históricas, assume um determinado significado político, mais ou menos progressivo. O próprio Gramsci distingue o Cesarismo de Napoleão I, que possui um caráter progressivo como consolidador de um novo tipo de Estado, do de Napoleão III, que é, ao contrário, regressivo, porquanto não representa ruptura em relação ao passado, mas é antes uma evolução do tipo antigo" (BOBBIO; MATTEUCCI; PASQUINO, 1998, p. 159-160).

Termos relacionados

Data de criação
23-Mar-2021
Termo aceito
23-Mar-2021
Termos descendentes
0
ARK
ark:/99152/t32kj5jd345n84
Termos específicos
0
Termos alternativos
0
Termos relacionados
3
Notas
2
Metadados
Busca
  • Buscar Cesarismo  (Wikipedia)
  • Buscar Cesarismo  (Google búsqueda exacta)
  • Buscar Cesarismo  (Google scholar)
  • Buscar Cesarismo  (Google images)
  • Buscar Cesarismo  (Google books)