Tesauro de objetos do patrimônio cultural nos museus brasileiros

Círio

Círio
Vela de cera, larga e grossa, com uma mecha tecida, que faz parte de quase todos os cultos como um elemento litúrgico. Suas dimensões podem variar de 20 até cm. Seu uso nas cerimônias litúrgicas e religiosas remonta às origens da Igreja. Como a água-benta, seu uso se dá tanto na liturgia quanto na devoção privada. Os utilizados nas igrejas devem ser de cera de abelha purificada; os dos candelabros de altar, de cera branca; os das missas de réquiem, das Sextas-feiras Santas ou dos ofícios das "Trevas", são de cera não tratada (amarela). Sobre o altar devem ser colocados pelo menos sete círios para uma missa pontifical e seis para uma missa solene. A quantidade tem diversas simbologias: os seis círios ou luzes de altar representam as orações constantes da Igreja; três círios, a Trindade. Alguns círios podem colocar-se, acesos, diante de uma representação especialmente venerada (círios votivos). Outros estão relacionados com certas festas ou cerimônias particulares: comunhões (círio de comunhão), batismos (círio batismal), procissões (círio de procissão), cerimônias funerárias (círio funerário) e enterros (círios de luto).

Termos genéricos

Termos relacionados

Data de criação
23-Dez-2020
Modificacão
31-Dez-1969
Termo aceito
23-Dez-2020
Termos descendentes
0
ARK
ark:/99152/t314p936369nzw
Termos específicos
0
Termos alternativos
0
Termos relacionados
3
Notas
1
Metadados
Busca
  • Buscar Círio  (Wikipedia)
  • Buscar Círio  (Google búsqueda exacta)
  • Buscar Círio  (Google scholar)
  • Buscar Círio  (Google images)
  • Buscar Círio  (Google books)